sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Eve Desire: Confira as fotos dos bastidores do novo videoclipe, “Quantica”



A banda Eve Desire lançará o seu novo single, intitulado “Quantica”, no dia 15 de dezembro. Para celebrar o lançamento, o grupo disponibiliza também na mesma data um videoclipe para a música. As fotos dos bastidores das filmagens podem ser conferidas a seguir.

Produzido por Thiago Bianchi no Fusão Studios, em São Paulo, “Quantica” estará disponível nas principais plataformas digitais (Spotify, Apple Music, Deezer e Google Play). O videoclipe de “Quantica” conta com a direção de filmagem de Daniel Mazza, figurino e maquiagem por Josette Blanchard, sob a direção do Estúdio Fusão e edição por Extremo & Orgânico.








Fundada pelo casal Arya e Wagner Cappia (vocalista e tecladista), a Eve Desire nasceu em 2012 como Nightwish Cover. Após realizar mais de 100 shows em 1 ano, decidiu partir para som autoral, lançando de forma independente a demo “Vitruvia” (2013). Após a publicação on line da faixa, o clipe foi lançado com exclusividade pela Rádio UOL, obtendo mais de 4 mil views em 24 horas.

O sucesso da demo chamou a atenção de renomados produtores, até que em 2014 assinou contrato com Thiago Bianchi (Shaaman e Noturnall) para a produção do primeiro álbum. No meio do caminho, duas gestações de Arya e problemas de saúde de Bianchi adiaram os trabalhos, quando a banda fez uma pausa forçada nas gravações. Em 2017, fez o arranjo orquestral da faixa de abertura do CD Comemorativo aos 25 anos de carreira do Edu Falaschi, lançado pela MS Metal Records, e obteve nota 10 em resenha na Revista Rodie Crew.



De volta ao estúdio para terminar o álbum, lança agora em 2018 o single “Quântica”, com participação deMaurício Nogueira (Matanza), e em 2019, seu primeiro álbum na íntegra, com nova versão de “Vitruvia” e muito heavy metal sinfônico, aliando a forte influência da música erudita ao power metal, com vocal predominantemente lírico e uma parede sonora de peso em perfeita combinação.

Formação :

Arya Medeiros :Vocal
Wagner Cappia : Teclados
Fábio Matos : Guitarra
 Paulo Lima  : Bateria
Vinicius Ramadoni : Baixo

Links Relacionados :

Site oficial: http://evedesire.com/



Fonte: Beelyper

“O Pior Cego”, single que o Seu Juvenal lança em Janeiro, é um grito de alerta para a população brasileira



Primeira gravação da banda desde o elogiado álbum “Rock Errado” de 2015, a música também fará parte do novo álbum do grupo a ser lançado em 2019

“Pensamos que o momento é de alerta! Não há motivos para comemoração, e nem para medo. Independente de escolhas políticas, as decisões estão sendo tomadas e devemos manter esse estado de alerta.”
A declaração do guitarrista Edson Zacca soa tão urgente quanto um manifesto. Na verdade, talvez, “O Pior Cego”, novo single que o Seu Juvenal lança em Janeiro, possa sim funcionar como um manifesto.

“Desde o início, o Seu Juvenal é uma banda que acaba se influenciando por tudo que acontece ao seu redor. Seja politicamente, socialmente, culturalmente”, acrescenta o músico que ainda afirma: “Os fatos mais recentes da política no Brasil com certeza mexeram conosco e transformamos isso em música, tendo como resultado esse novo single, O Pior Cego".

Gravada no estudo Lab.Áudio na Passagem em Passagem de Mariana/MG, Edson Zacca também assina a produção da nova música. Apesar do lançamento como single em Janeiro, “O Pior Cego” também estará presente no novo álbum de inéditas a ser lançado pelo Seu Juvenal em 2019.
“A música O Pior Cego é direcionada a dois tipos de pessoas: a que comemora e a que demonstra medo perante a nova tomada de poder. A nosso ver esses dois tipos de pessoas estão, de certa forma, cegas. Não é questão de ideologia política - direita, esquerda ou centro - todos estamos juntos e precisamos estar alertas! Para nós, O Pior Cego é aquele que não quer ver, mesmo dotando de todos os sentidos, seja por excesso de medo ou de confiança, ele não quer ver.”.

Tão alarmante quanto a letra é a capa de “O Pior Cego”, assinada pelo baterista e artista plástico Renato Zaca.
“Na letra da música buscamos uma referência nos ditos populares para chegarmos às pessoas da forma mais acessível possível e dizê-las: “fiquem alertas, as coisas não estão e não serão fáceis nos próximos anos.”
Podemos aqui até fazer um paralelo com a letra de Gil e Caetano em Divino Maravilhoso de 1970 que dizia: "é preciso estar atento e forte / Não temos tempo de temer a morte".
Atentos e fortes, é sobre isso que o Seu Juvenal grita através de "O Pior Cego". Continuaremos na batalha. Como sempre!”, finalizou Zacca.

“O Pior Cego” estará disponível nas principais plataformas digitais de música mas também ganhará videoclipe. Datas exatas do lançamento em Janeiro serão anunciadas em breve, junto com um teaser do vídeo.

Sobre Seu Juvenal

O Seu Juvenal foi formado em Uberaba/MG em 1997. Depois do lançamento dos dois primeiros álbuns, "Guitarra de Pau Seco" (2004) e "Caixa Preta" (2008), a banda transferiu-se para a cidade de Ouro Preto/MG.

“Rock Errado”, o mais recente álbum, obteve uma resposta altamente positiva da imprensa de todo Brasil, o que acabou por projetar e consolidar o nome da banda em todo país. O site Rock On Stage, que avaliou o disco com nota 9,5, destacou a pluralidade musical do trabalho: "Poderia dizer que Rock Errado é um disco de Punk, Indie, Alternativo, mas não é.... trata-se de um som elétrico, incansável, ácido, perturbado e que demonstra uma banda sem limites para tocar". Outras declarações super positivas publicadas na imprensa sobre "Rock Errado" incluem: “Seu Juvenal é Rock Errado, é música da melhor qualidade! Um raro sinal de inteligência no meio do Rock nacional” (A Música Continua A Mesma); "(...) um novo ângulo do gênero, um novo timbre, novos horizontes. O 'Rock Errado' que nos leva ao certo" (Riff And Destroy); “Música autoral inteligente” (Zona Punk); “(...) para deixar nos ouvidos algo curioso e novo no repetitivo mercado musical nacional da atualidade”(Consultoria do Rock); “Brilhante” (Heavy And Hell); "(...) produção impecável (...) trabalho primoroso e de muito bom gosto" (Heavy Metal Brasil); "(...) banda madura que acerta na escolha do repertório, fugindo das fórmulas fáceis... O rock pode estar errado, mas o Seu Juvenal não." (Blog Na Mira).

A consolidação do sucesso de “Rock Errado” veio com a indicação para o Prêmio Dynamite, a maior e mais tradicional premiação da cena independente brasileira. O Seu Juvenal concorreu na categoria "Melhor Álbum de Rock" onde também figuraram outros grupos de destaque como Far From Alaska, Cidadão Instigado e Nação Zumbi.

Toda essa repercussão de “Rock Errado” no Brasil reverberou-se para a Europa, onde a banda acabou sendo convidada para realizar sua primeira turnê em Setembro de 2017. Foram ao todo oito shows por três países: República Tcheca, Polônia e Eslováquia. A “Rock Errado European Tour” foi financiada pelo "Programa Música Minas", iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura, que visa apoiar a cadeia criativa e produtiva da música mineira. O projeto de turnê do grupo foi um dos 12 selecionados entre as 51 propostas inscritas para a terceira chamada anual do edital e recebeu apoio financeiro para sua realização.

Além do guitarrista Edson Zacca e do baterista Renato Zaca, o Seu Juvenal também é formado pelo baixista Fabiano Minimim e pelo vocalista Bruno Bastos.

Para ouvir o Seu Juvenal, acesse:

Google Play: https://goo.gl/TC8EJv

Youtube: https://goo.gl/HaAyGr

Links Relacionados :

Fonte: Som Do Darma 

Tormenta: confira o tracklist de ‘Batismo da Dor’



Depois de apresentar-nos o título e a capa de seu primeiro full, ‘Batismo da Dor’, a TORMENTA nos apresenta mais detalhes sobre o vindouro álbum.

O álbum terá 10 faixas, sendo ‘Mal Necessário’ uma versão da banda para a canção de Mauro Kwitko conhecida pela interpretação de Ney Matogrosso lançada no álbum ‘Feitiço’, de 1978. Confira o tracklist completo:

1. Cumulusnimbus
2. Batismo da dor
3. Escravo da Ilusão
4. Reféns do Medo
5. Em Nome de Deus
6. Dono da Verdade
7. Antaustorm’
8. A Noite Espessa
9. Perseverança
10. Mal Necessário

‘Batismo da Dor’ foi gravado no estúdio Under Studio, em Ribeirão Preto, interior paulista, com o produtor Romulo Ramazini, que também cuidou do processo de mixagem e masterização. A arte da capa é uma fotografia do escultor italiano Enrico Ferrarini.

O disco está previsto para fevereiro de 2019, mais novidade e músicos serão apresentadas em breve!

Links Relacionados:

E-mail: contato@tormentametal.com

Site: http://www.tormentametal.com

Facebook: https://www.facebook.com/tormentametal

Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/tormenta

Fonte: Metal Media

As Dramatic Homage: ‘Consternation’, novo single está disponível



O mais novo trabalho de uma das bandas mais únicas do país, a carioca AS DRAMATIC HOMAGE, está disponível.

Trata-se do single ‘Consternation’, que mais uma vez apresenta uma banda se reinventando, buscando e oferecendo novas experiências sonoras, sem abrir mão de suas raízes. O trabalho foi lançado de forma digital e pode ser conferido pelo link:

https://asdramatichomage.bandcamp.com/album/consternation-single

Todos os instrumentos foram gravado no Thafstudio e vocais no HCS. A mixagem e masterização foram feitas pelo produtor Thiago Freitas, Thafstudio. Thiago também produziu o disco junto com o músico Alexandre Pontes.

Já a capa é mais uma obra-de-arte de Gustavo Sazes, já conhecido mundialmente por seu trabalho com bandas como Morbid Angel, Steve Harris, Machine Head e outros.

‘Consternation’ sucede o premiado trabalho ‘Enlighten’ e precede o vindouro e aguardo novo álbum de estúdio do grupo.

Links Relacionados:

E-Mail: adh.contato@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/AsDramaticHomage

Instagram: https://www.instagram.com/asdramatichomage/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCAXwe0my48KfUbggg8sAx8Q

Spotify: https://open.spotify.com/artist/74a4ZRcvmBTq1iSBsl9O9s

iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/as-dramatic-homage/1094562757

Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/asdramatichomage

Fonte: Metal Media

CxDxFx: Novo single já tem data e local de lançamento



O novo single ‘Olhos de Borracha’, dos mineiros do CxDxFx, já tem data para ser lançado oficialmente.

O single, que será disponibilizado primeiro em formato de videoclipe, será lançado no FESTIVAL CERVEJEIRO DE ITUITABA. Nele será apresentado o clipe e a banda estará disponível para venda de material oficial. O Evento acontece no dia 15 de dezembro.

‘Olhos de Borracha’, faixa já conhecida dos fãs do grupo, pois foi lançada originalmente em 2014 no EP ‘Pague Dez e Vá Pro Céu’ e que ganhou uma repaginada com gravação e mixagem de Rodrigo Nepomuceno no Chedderrecords Studio e masterização pela Absolute Master. A arte da capa foi feita pelo artista Otávio Carvalho. A música também marca a estreia da nova formação em estúdio.

Links Relacionados:

E-Mail: chafun_diformio@hotmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/CxDxF/

Instagram: https://www.instagram.com/cxdxfx

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCP9CB30KEYSJN3O4tQ4ul9Q

Spotify: https://open.spotify.com/artist/5Takol5aE3lAMzz4m38EAZ

iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/cxdxfx/1421757093

Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/chafundiformio

Fonte: Metal Media

M&H Studio: estúdio trabalhou no novo clipe do Dr Sin!



“Agora fazemos parte da história do Rock/Metal nacional.” Foi com essa frase que o estúdio celebrou a participação nas gravações do novo clipe do DR. SIN, um dos maiores nomes da história da música pesada brasileira.

E não é qualquer clipe, é o trabalho que marca oficialmente o retorno do grupo depois do anúncio de seu encerramento.

A música leva o nome de ‘Lost In Space’, assista:





O M&H STUDIO e seu produtor-chefe Michel Marcos, além de gravar, produzir, editar vídeos, lyrics e uma infinidade de outras opções, também oferece serviços de manutenção e assessoria de computadores para estúdio. Com esse trabalho, músicos e pessoas interessadas em montar seu estúdio, mas que não tem o know-how necessário para iniciar os trabalhos, pode contar com a expertise de Michel Marcos para que o projeto vire realidade.

Conheça mais do M&H Studio e de todo seu trabalho:

Facebook – https://goo.gl/RhmqEB

Instagram – https://goo.gl/5p3Q80

Twitter – https://goo.gl/H957pv

Youtube – https://goo.gl/s33z22

Fonte: Metal Media

Heavy Metal Rock: selo lançará o novo trabalho do Tuatha de Danann



O selo HEAVY METAL ROCK RECORDS confirmou oficialmente que vai lançar o novo trabalho da banda mineiro de Folk Rock/Metal, TUATHA DE DANANN.

Ainda sem título anunciado o material será um EP e muitas informações sobre ele serão apresentadas em breve. Vale lembrar que o grupo lançou recentemente um single ‘The Tribes of Witching Souls’, que pode ser conferido no recém-criado canal do YouTube da HEAVY METAL ROCK:



Este não será o primeiro trabalho do TUATHA DE DANANN lançado pelo selo. A HEAVY METAL RECORDS recolocou no mercado os clássicos do grupo mineiro:
https://hmrock.com.br/?s=tuatha&post_type=product

Além do TUATHA DE DANANN, a HEAVY METAL ROCK segue lançando grandes nomes do Rock/Metal nacional e internacional. Todos os seus lançamentos podem ser conferidos em sua loja virtual, uma da mais completas do mercado:

https://hmrock.com.br

Não deixe também de ficar por dentro das novidades e promoções que rolam no Facebook da empresa, curta e siga:

https://www.facebook.com/hmrock83/

Fonte: Metal Media

Deep Memories: “Sempre achei o movimento metal muito forte”



Além de um enorme talento para compor, escrever e tocar, a mente por trás do DEEP MEMORIES, Douglas Martins, tem uma opinião forte e muito completa de sua visão sobre a música e sobre o movimento do Metal no Brasil.

Em recente entrevista para o portal Whiplash.net, orquestrada pelo colaborador Matheus Ribeiro, o músico dá uma geral em sua carreira desde os tempos do Desdominus até o atual lançamento de seu projeto, o álbum ‘Rebuilding The Future’, que vem sendo extremamente bem-recebido pelo público nacional e internacional.

Confira alguns trechos da entrevista:

MR: Uma banda normalmente já é algo complicado para se manter. Imagino que uma banda formada apenas por um membro deva ser algo extremamente complexo, afinal, todos os assuntos são de sua responsabilidade. Fale um pouco sobre como é conciliar tudo isso com os demais compromissos do cotidiano.

DM: Realmente não é uma tarefa muito simples. Quando concluí o álbum e iniciei a busca por selos para lançamento, tive o privilégio de conseguir fechar um acordo de lançamento simultâneo do álbum em 3 países (Brasil, Rússia e Japão) através da HEAVY METAL ROCK e MISANTHROPIC RECORDS aqui no Brasil, GS PRODUCTIONS na Rússia e INVASION OF SOLITUDE RECORDS no Japão. Isso mudou totalmente a perspectiva que eu tinha do montante de trabalho e precisei de apoio profissional. Hoje conto com a Metal Media para me auxiliar na parte de imprensa aqui no Brasil e com a Against PR de Portugal para Europa, Ásia e América do Norte.
Conciliar minha família e meu trabalho com as atividades do DEEP MEMORIES é um desafio, principalmente agora que o álbum tem tido uma boa aceitação. Tento dividir bem meu tempo, colocando limites para não afetar estas outras áreas da minha vida, mas nem sempre é possível. Gosto muito de interagir com a galera, respondo todos os e-mails, mensagens e retribuo cada palavra de incentivo ligada ao DEEP MEMORIES.

MR: As letras do Deep Memories são bem profundas, com o perdão do trocadilho. Gostaria de falar do que o inspirou na hora de compor?

DM: Neste álbum as cinco primeiras músicas contam uma história que detalha a experiência post mortem de um homem. Narram desde seu leito de morte, onde sente que irá morrer, realmente morre e acaba percebendo que sua mente continuou funcionando normalmente. Ele se depara fora do planeta terra, em locais bem estranhos, com criaturas bizarras, vai parar na espécie de um “hospital” onde lhe é proposto retornar à terra para reparar seus erros do passado, enfim, uma história bem instigante. Já as outras foram embasadas em experiências pessoais com uma ótica sobre a evolução do indivíduo e as possibilidades que podem nos permear sem se quer estarem evidentes.

Para ler a entrevista completa, visite: https://whiplash.net/materias/news_760/293858-deepmemories.html

‘Rebuilding The Future’ foi lançado em formato físico simultaneamente no Brasil, Japão e Rússia pelos selos Heavy Metal Rock e Misanthropic Records (Bra), Invasion of Solitude Records (Jap) e GS Productions (Rus), respectivamente.

Para comprar a versão física, basta entrar em contato com a banda, com os selos ou procurar nas melhores lojas especializadas do país. Ele também está disponível nas plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/1NzhctfnGpjLYh5IiBwIhB

iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/rebuilding-the-future/1429236069

Google: https://goo.gl/QmgjtW

Deezer: https://www.deezer.com/br/album/71015962

O novo lyric video do DEEP MEMORIES para a música ‘Suffocating Grayish Darkness’ está disponível, assista:

https://www.facebook.com/deepmemoriesbrazil/videos/368027853740323/?t=0

Links Relacionados:

E-Mail: deepmemoriesbrazil@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/deepmemoriesbrazil

Instagram: https://www.instagram.com/deepmemoriesbrazil

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCjsxJJAIGSlioPpVPLHIjcA

Spotify: https://open.spotify.com/artist/2aR777i9sXneWnWNbiNlXv

iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/deep-memories/1429228383

Metal Media: http://www.metalmedia.com.br/deepmemories

Fonte: Metal Media

War Industries Inc. :Lança live session de ‘Don't Lie To The Brain’


O porão roqueiro do 74Club, em Santo André, é um palco familiar ao power trio War Industries Inc. Ali, Jim Boone (vocal/guitarra), Willian Paiva (bateria) e Carlos Motta (baixo) registraram mais uma live session, desta vez para ‘Don't Lie To The Brain’, música do segundo álbum WWIII, lançado no segundo semestre de 2018 pela Abraxas Records. O resultado está aqui: 



A live session pertence à série Ao Vivo No Barraco/74Club e foi gravada no último mês de junho. Ao redor de amigos e fãs, a War Industries Inc. não se intimida e mostra, em estúdio, o mesmo poder de fogo de apresentações ao vivo, com performances explosivas e devotas ao autêntico garage punk com nuances psicodélicas que moldam ‘Don't Lie To The Brain’ e tantas outras faixas do WWIII.

‘Don't Lie To The Brain’, em específico, é uma música cadenciada e progressiva, que gradativamente ganha peso e energia, culminando numa jam alucinada com o trio tocando os respectivos instrumentos à exaustão, num mix de feeling e ferocidade.

A primeira live session referente ao disco WWIII foi lançada em setembro passado para a música ‘The Fire is The Weapon Divine’. Confira aqui: 


Fonte: Abraxas

Nota de cancelamento do The Black Dahlia Murder em São Paulo






Infelizmente passamos por aqui para dar más notícias. Por uma incompatibilidade de logística e datas, tanto da banda quanto das produtoras da América do Sul, teremos que realmente cancelar a passagem do The Black Dahlia Murder pelo Brasil. Preferimos tomar logo essa decisão já que grande parte dos fãs ainda esperava pela nova data há quase 30 dias pós notícia do adiamento.

Pedimos sinceras desculpas e sabemos que todos que acompanham os trabalhos da Obscur./Abraxas desde o começo sabem que cancelar algo não é rotina. Sempre fazemos de tudo para manter o evento, não importando a adversidade, mas dessa vez não deu.

Para pegar o seu reembolso clique no link abaixo e siga as instruções ou você poderá enviar um e-mail para contato@obscurconcerts.com com o número do seu pedido, o nome do(s) participante(s) e se conseguir o ingresso anexado. A produtora responderá todos e iniciará o processo de reembolso no prazo de uma semana.

Se você adquiriu seu ingresso em pontos físicos, basta retornar ao local de compra e pegar seu estorno.

Já que a venda ia bem, teremos uma grande quantidade de pedidos para processar, então pedimos a todos paciência e calma que vamos atender todo mundo e ninguém ficará sem o dinheiro que gastou.

Obrigado e desculpem pela inconveniência.

Link para reembolso: https://ajuda.sympla.com.br/hc/pt-br/articles/360001111566-Como-posso-solicitar-o-reembolso-da-minha-compra-


Atenciosamente,
Obscur. e Abraxas

Fonte:Abraxas

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Spiritual Hate: Banda está com sua agenda de shows para 2019 disponível, confira!




A banda paulista SPIRITUAL HATE já está se preparando para 2019 e com novidades em sua formação – que em breve serão divulgadas – se antecipam e abrem oficialmente sua agenda de shows para o próximo ano.
Um dos nomes do Black/Death Metal que mais vem ganhando destaque e crescendo desde seu último trabalho, “Diabolical Dominium”, conhecido pela brutalidade e qualidade em seus materiais, já busca produtores interessados em leva-los para suas cidades. Interessados, escrevam para spiritualhate@bol.com.br ou diretamente pelo Facebook em www.facebook.com/SpiritualHateBand/ e solicite mais informações.

Assista agora ao videoclipe para a faixa “Awaiting Fucking Jesus”:




Ouça “Diabolical Dominium” completo aqui:




Encontre-o nas demais plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/59AYGThtDYU0QSSLumDKDM 



Links Relacionados:

Fonte: Sangue Frio Produções

Sad Theory Confira agora a entrevista para o site Cangaço Rádio Rock



A banda paranaense de Death Metal SAD THEORY foi destaque no site Cangaço Rádio Rock, onde concedeu uma entrevista para o mesmo.

Neste bate papo, conduzido por Cristiano Borges, o guitarrista Alysson Irala falou um pouco sobre o início do grupo, mudanças de formação, discografia, métodos de composição e gravação, influências, vindouro álbum “Léxico Reflexivo Umbral” e muito mais, confira um trecho:

“O ‘Léxico Reflexivo Umbral’ será nosso sétimo disco, pra uma banda de metal brasileira independente, é um verdadeiro milagre, um exemplo de persistência, posso adiantar que será um disco com músicas lépidas e maciças, já a parte lírica terá como base a série ‘Black Mirror’, o lançamento está previsto para o primeiro semestre de 2019.”

Leia a entrevista completa aqui: http://www.cangacoradiorock.com.br/2018/12/entrevista-exclusiva-com-sad-theory.html

Em paralelo, o SAD THEORY já busca datas para shows em 2019, produtores interessados escrevam para sadtheoryofficial@gmail.com ou diretamente pelo Facebook em www.facebook.com/sadtheory/ e solicite mais informações.

Assista ao lyric vídeo para a música “A Alvorada das Hienas”, destaque do atual trabalho “Entropia Humana Final”:



Adquira “Entropia Humana Final” por apenas R$ 20,00 (+ frete via Carta Registrada, PAC ou SEDEX) aqui: https://sanguefrioproducoes.com/loja/inicio/51-sad-theory-entropia-humana-final.html

Contato para assessoria de imprensa:

www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:

http://www.facebook.com/sadtheory/

http://www.youtube.com/channel/UC_QWPk7slhqt9yQLaSUq9cA/

http://sadtheory.bandcamp.com/

http://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/SADTHEORY/62

Fonte: Sangue Frio Produções

Imperious Malevolence: Banda abre sua agenda de shows visando a “Decades Of Death Tour 2019”



Lançado em junho de 2018, o álbum “Decades Of Death”, do IMPERIOUS MALEVOLENCE, não ganhou sua tão merecida turnê de divulgação, afinal a banda vinha se estabilizando após algumas mudanças em sua formação.

Agora que o grupo retornou a um quarteto e está novamente afiado e entrosado, abrem oficialmente sua agenda para a “Decades Of Death Tour 2019”, já com algumas datas confirmadas e que serão divulgadas posteriormente.

Produtores interessados em levar o IMPERIOUS MALEVOLENCE para seu evento, escreva para immalevolence@gmail.com ou contato@sanguefrioproducoes.come solicite mais informações.

Assista a um trecho da música “The Hellfire's Cruelty”, no show de estreia da nova formação que aconteceu no dia 09/12 em Curitiba/PR:

https://youtu.be/9ax2sS9BDEY

Ouça “Decades Of Death” na íntegra nas principais plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/5v1lVnKvynfp4Vj6nkBv5m

Deezer: https://www.deezer.com/br/album/59954362

iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/decades-of-death/1364084445

Napster: https://br.napster.com/artist/imperious-malevolence/album/decades-of-death

Tidal: https://listen.tidal.com/album/86507021

Adquira-o por apenas R$ 20,00 (+ frete via Carta Registrada, PAC ou SEDEX) aqui: https://sanguefrioproducoes.com/loja/inicio/47-imperious-malevolence-decades-of-death-5057728252384.html

Assista ao lyric vídeo da faixa “Ominous Ritual”:




Contato para assessoria de imprensa:

www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/ImperiousMalevolence/

https://www.instagram.com/imperiousmalevolence/

https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/ImperiousMalevolence/23

Fonte: Sangue Frio Produções

The Devils: Último show de 2018 contará com participação especial de Bruna Guidoni nos vocais, confira!



Depois de inúmeros shows em suporte à divulgação do álbum “We Are The Devils”, o THE DEVILS se prepara para sua última apresentação de 2018 e contará com uma participação superespecial. Trata-se de Bruna Guidoni (Lady Steel), que assumirá os vocais do grupo no ‘III Brothers Metal Fest’, pois o frontman Heron Ribeiro não poderá participar excepcionalmente deste festival.

O evento acontece na Arena Pub em Colatina/ES neste fim de semana, 15/12, e contará também com as bandas Pé Na Cova, Still Death, Skydiving From Hell, Rupturya, Mystery, Damage Control, StinkupuS e Stigma, confira o cartaz completo:

http://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/38e71fe67b244202fbde78f2bb81beac.jpg
Link do evento no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/events/2177672945886113/

Em outras notícias, o THE DEVILS anunciou recentemente que Jhon Lira é o novo baixista e que já iniciaram os trabalhos de composição para seu novo álbum, bem como abriu de forma oficial sua agenda de shows para 2019. Produtores interessados em levar uma das revelações do Heavy Metal brasileiro para seu evento escreva para danielbins.delta97@gmail.com ou contato@sanguefrioproducoes.com e solicite mais informações.

Ouça, “We Are The Devils”, que foi considerado um dos melhores lançamentos do ano pelo site Metal Addicts:






Encontre nas demais plataformas de streaming:

Spotify: https://open.spotify.com/artist/1IwYZ7Dex1de165G0lPfJv

Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/14554283

iTunes: https://itunes.apple.com/br/artist/the-devils/1372284340

Tidal/Wimp: https://listen.tidal.com/artist/9748640

Napster: https://us.napster.com/artist/the-devils-2

Contato para assessoria de imprensa:

www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/thedevilsbrazil

https://www.instagram.com/thedevilsbrazil/

https://www.youtube.com/channel/UC0mZUxysfcLpDHebUPnpu6Q

https://sanguefrioproducoes.com/artistas/TheDevils/56

Fonte: Sangue Frio Produções

Necromancer: Banda volta a ser um quarteto, mas segue busca por um novo guitarrista



Os cariocas do NECROMANCER seguem trabalhando – como um quarteto – no vindouro álbum “Pattern of Repulse”, previsto para primeiro semestre de 2019.

A banda anunciou recentemente que ainda buscam por um novo guitarrista para integrar a formação, mas que abrem de forma oficial sua agenda para o próximo ano. Produtores interessados em levar um dos principais nomes do Thrash Metal brasileiro para seus eventos, escreva para necromancer.br@gmail.com ou diretamente pelo Facebook em www.facebook.com/necromancerbr/ e solicite mais informações.

Guitarristas interessados em integrar o NECROMANCER acesse o link a seguir e confira os pré-requisitos: https://goo.gl/8ZGJoc

O grupo lançou recentemente o lyric vídeo para a faixa que leva o nome da banda. A música é um dos destaques do atual trabalho “Forbidden Art”, confira:




Encontre o NECROMANCER nas principais plataformas digitais:

Spotify: https://open.spotify.com/album/4mue6X4wFwPhszioCUs43K

Deezer: http://www.deezer.com/album/50234182

iTunes: https://itunes.apple.com/album/id1298693484

Napster: http://us.napster.com/artist/necromancer

Tidal: https://listen.tidal.com/album/80293362

Contato para assessoria de imprensa:

www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/necromancerbr/

https://twitter.com/necromancerband

ttps://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/Necromancer/53

Fonte: Sangue Frio Produções

Axecuter: Banda busca parcerias para o lançamento do novo álbum



O power trio paranaense AXECUTER está prestes a entrar em estúdio a fim de gravar e produzir 10 músicas para integrar seu novo álbum, que será lançado em março/2019.

Desta vez, a banda pretende lançar o material de forma independente, mas buscando o apoio de pessoas que queiram promover sua marca nesse material. Veja como participar:

- Patrocínio de R$ 200,00 para janeiro/2019: Logotipo no encarte do CD e na divulgação Facebook/YouTube, além de receber 10 cópias lacradas pra venda ou sorteio (frete não incluso).

- Patrocínio de R$ 100,00 para janeiro/2019: Logotipo no encarte e divulgação Facebook/YouTube, além de receber 5 cópias lacradas pra venda ou sorteio (frete não incluso).

Interessados podem escrever para axecutermetal@gmail.com ou pelo WhatsApp (41) 99902-5325 (Danmented) e solicitar mais informações.

Assista ao videoclipe de “Creatures in Disguise”, presente no álbum ao vivo “A Night Of Axecution”:




Contato para shows: axecutermetal@gmail.com


Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:
 
https://www.facebook.com/axecuter/

https://axecutermetal.bandcamp.com/

https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Axecuter/24

Fonte: Sangue Frio Produções

Orthostat: ‘Making-of’ das gravações da música “Qetesh” é liberado, assista agora!



Os catarinenses do ORTHOSTAT seguem trabalhando forte na produção e finalização do vindouro álbum “Monolith Of Time”.

E visando divulgar ainda mais este material de forma antecipada, a banda vem liberando alguns vídeos relatando um pouco mais da técnica e brutalidade que o público encontrará neste full length. Confira agora o ‘making-of’ da gravação de um trecho da música “Qetesh”:



Com previsão de lançamento para janeiro de 2019, “Monolith Of Time” foi gravado e produzido no Studio Hellfrost, em Jaraguá do Sul/SC, e já está em processo de mixagem e masterização. Recentemente o ORTHOSTAT divulgou uma campanha de crowdfunding visando buscar apoiadores para este lançamento, acesse o link a seguir e ajude o grupo neste trabalho: https://www.catarse.me/orthostatmonolithoftime

Contato para shows: davidlago@live.com

Contato para assessoria de imprensa:

www.sanguefrioproducoes.com/contato

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/OrthostatDM

https://www.youtube.com/channel/UCcmUFU2I1rpPOZf5BRyL9rQ

https://orthostat.bandcamp.com/

https://sanguefrioproducoes.com/artistas/ORTHOSTAT/65

Fonte: Sangue Frio Produções

Roadie Crew: Max Cavalera e o novo do Soulfly na ed. 239


A edição #239 (dezembro, 2018) da revista ROADIE CREW traz na matéria de capa uma entrevista com Max Cavalera falando sobre o novo trabalho de estúdio do Soulfly, "Ritual". O vocalista e guitarrista, que recentemente esteve com seu irmão, o baterista Iggor, tocando clássicos do Sepultura em uma turnê pelo Brasil, também relembrou fatos do passado, incluindo o começo de carreira do Soulfly, e os motivos pelos quais preferiu não participar do documentário "Sepultura Endurance".

Entrevistas:

Soulfly
U.D.O.
Grave Digger
Nervosa
Monstrosity
Red Dragon Cartel (Jake E. Lee)
Unleashed
Don Airey
Aborted
Orange Goblin
Chrome Division
Imago Mortis
Northward
Kiss - cobertura do Kiss Kruise VIII - "Decades at Sea"

Seções:
Cenário: Darktower, Faces of Death, Exorcismo, FlowerLeaf, Mattilha, Trema, Guilherme Costa e Paulinho Heavy (É Noize!)
ClassiCrew: Cream, Yesterday and Today e Nashville Pussy
Playlist: Deen Castronovo
Collection: Katatonia
Eternal Idols: Ralph Santolla (Deicide, Obituary)
Hidden Tracks: Alkatrazz (ING)
Blind Ear: Kiko Shred
Front Cover (Marcelo Vasco): Sepultura - Arise
Background: Rush (Parte 2)
Profile: Fabio Shammash (Mythological Cold Towers, Unholy Outlaw)
Pôsteres: Judas Priest e Overkill
Colunas: A Look At Metal (Claudio Vicentin), Brotherhood (Luiz Cesar Pimentel), Stay Heavy (Vinicius Neves/Cintia Diniz), It's Only Rock'n'Roll (Antonio Carlos Monteiro) e Campo de Batalha (Ricardo Batalha)

Para adquirir pelo site acesse https://roadiecrew.com.br/roadie-shop ou entre em contato pelo telefone (11) 5058-0447

Fonte: Roadie Crew

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Cannibal Corpse : Pat O’ Brien na prisão


Patrick “Pat” O’Brien, o guitarrista dos Cannibal Corpse, foi preso na noite de Segunda Feira (10/12/2018)  por invadir uma casa e, depois, correr na direção de um agente policial com uma faca na mão. O músico de 53 anos teria ido a uma casa situada em Northdale antes das 19:00 e ignorou as ordens para sair das duas pessoas que estavam lá dentro.

Um supervisor do escritório do xerife disse que O’Brien empurrou uma mulher para dentro da casa e depois fugiu para o quintal. Os polícias que responderam ao roubo encontraram O’Brien escondido atrás de uma cerca, já perto da sua própria residência e afirmam que, antes de o prenderem, o músico os atacou com uma faca. O’Brien é acusado de roubo de uma residência com agressão e ataque agravado contra um elemento das forças da ordem.

Para tornar as coisas ainda um pouco mais bizarras, assim que O’Brien foi preso, um enorme incêndio irrompeu na sua própria casa. Os bombeiros do condado de Hillsborough conseguiram manter o fogo sob controle após cerca de uma hora de combate às chamas, mas tiveram de debater-se com diversas explosões provocadas por munições que foram atingidas pelas chamas.

A equipa de combate ao fogo diz que havia lança-chamas de estilo militar dentro de casa, tornando o fogo muito mais difícil de combater e que teve de permanecer no local durante a noite e manter a estrada bloqueada durante várias horas após o incêndio ser extinto.

O Cannibal Corpse  anunciaram que fariam parte da próxima etapa de turnê norte-americana da digressão de despedida dos SLAYER.

Fonte: Loud

Rhapsody: Luca Turilli e Fábio Lione se juntam para álbum inédito


A turnê de despedida do 20º Aniversário do Rhapsody reaproximou Luca Turilli e Fabio Lione. Os dois tocaram músicas clássicas da banda e fizeram a alegria de fãs que nunca tinham visto os dois juntos no palco.

Então, suas mentes criativas colaboraram mais uma vez e reacenderam a energia e a criatividade que sempre compartilharam. Agora eles estão prontos para continuar sua colaboração, apresentando um estilo moderno de música baseado no mantra artístico Rebirth and Evolution.

Eles estão prontos para gravar seu primeiro álbum e precisam de ajuda para que isso aconteça. O link para conhecer o projeto e contribuir é esse: https://www.indiegogo.com/projects/turilli-lione-rhapsody?fbclid=IwAR222z8BdxZRnW0EaXs5ZUmDG9kvNPcUYvqtCTKD6pjAUVBpRdMezt6rxco#/
Depois de fechar o capítulo Rhapsody, os dois amigos continuaram em busca de formas criativas, originais e inovadoras para expressar suas visões artísticas. Luca e Fabio começaram a visualizar essa nova colaboração. Eles pretendem criar um metal sinfônico diferente, enriquecido com elementos modernos típicos de produções musicais que tanto amam. O entusiasmo pelo projeto cresceu a cada dia e então os dois concordaram em realizar sua visão sob um novo nome: Turilli / Lione Rhapsody.

Encomende o álbum com antecedência. Ao fazer isso, você permitirá que a banda financie parcialmente as gravações. Você pode pré-encomendar o álbum em diferentes formatos e conseguir algumas vantagens únicas e exclusivas.

Fonte: Rock Brigade

Venom Inc: Banda se apresentará em Belo Horizonte e São Paulo


Os lendários Tony "Demolition Man" Dolan (vocal/baixo) e Mantas (guitarra), juntamente com o baterista Kling, se preparam para as novas apresentações em solo brasileiro sob a alcunha de Venom Inc.

Invocando o nome da poderosa instituição inglesa do metal, o trio irá se apresentar nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte em fevereiro de 2019 tocando faixas de seu bem-sucedido álbum de estréia Avé (2017) e clássicos da banda Venom, uma equação que tem tudo para satisfazer os mais ardorosos e fiéis fãs.

Serviço:

Venom Inc em São Paulo

Data: 01/02/2019

Local: The House

Endereço: R. Rodolfo Miranda, 110 - Bom Retiro, São Paulo

Classificação: 18 anos

Preços:

Pista: R$100 (meia/promo)

Ingressos: goo.gl/nFD2jx

Evento: facebook.com/events/1887764061340438

Venom Inc em Belo Horizonte

Data: 02/02/2019

Local: Mister Rock

Endereço: Av. Tereza Cristina, 295 - Prado, Belo Horizonte

Classificação: 18 anos

Preços:

Pista: R$100 (meia/promo)

Ingressos: centraldoseventos.com.br/events/show/venom

Evento: facebook.com/events/2151423648250895

Fonte: Rock Brigade

Mötley Crüe: Cinebiografia “The Dirt” será lançada em março


A autobiografia do Mötley Crüe, The Dirt, finalmente será lançada como um filme biográfico pela Netflix no ano que vem.

O vocalista Vince Neil compartilhou a notícia com um tweet efusivamente animado: “Uau! Acabei de sair do escritório da Netflix. Acabei de assistir ao The Dirt! Muito bom! Não posso esperar que todos vejam! Será lançado em 22 de março! Sim!”.

Um representante da Netflix confirmou a data à Rolling Stone EUA.

Em 2001, a banda lançou o livro The Dirt: Confessions of the World’s Most Notorious Rock Band, escrito em parceria com com o autor e colaborador da Rolling Stone EUANeil Strauss.

O filme contará algumas das histórias mais sujas e obscenas, com cenas que mostram o abuso de drogas e álcool com várias groupies.

Os planos para uma versão cinematográfica estão em andamento desde 2006, originalmente com o escritor de Seinfeld, Larry Charles, indicado para dirigir. O cineasta Jeff Tremaine (Jackass) assinou em 2013 e dirigiu The Dirt – que foi produzido pela banda – no início deste ano.

O elenco traz o rapper Machine Gun Kelly como Tommy Lee, Dougla Booth (Orgulho, Preconceiro e Zumbis) vive Nikki Sixx, Iwan Reheon (o Ramsay Bolton de Game of Thrones) é Mick Mars e Daniel Weber interpreta Vince Neil.

Em uma entrevista concedida à Rolling Stone EUA, em 2015, durante a última turnê do Mötley Crüe, Tommy Lee contou o que os fãs podem esperar do filme. “Nikki e eu fomos a uma leitura do roteiro e foi surreal”, revelou.

“Especialmente o início do filme, que começa daquela maneira, você vai pensar ‘Meu Deus, se ele começa assim, ele é doido’. Foi realmente uma loucura. A visão do [diretor]Jeff Tremaine é a mais real possível. Ele se importou com todos os detalhes. Os carros que você verá na rua, os telefones dos anos 1980, as luzes... As roupas. Você vai se sentir como se estivesse naquele período de tempo.”

Na mesma entrevista, os integrantes da banda disseram que a cena que estão mais ansiosos para assistir em The Dirt é a de abertura, em que, segundo Nikki Sixx, terá um "orgasmo feminino”.

Fonte: Rolling Stones/Rock Brigade

Rock in Rio: Slayer e Anthrax confirmados no Palco Sunset


As novidades do Rock in Rio para a edição de 2019 não param. E, enquanto o Palco Mundo já anunciava suas quatro atrações para uma noite emblemática do metal, com Iron Maiden, Scorpions, Megadeth e Sepultura, a organização do evento preparava outra surpresa para os metaleiros que frequentam o festival. O Palco Sunset apresenta dois grandes nomes, para esta noite de 4 de outubro de 2019: as bandas norte-americanas Slayer, que fará seu último show da turnê de despedida dos palcos, e fecha o Sunset neste dia, e ainda Anthrax. Elas fazem parte do seleto grupo "The Big Four", do thrash metal mundial.

A abertura da noite fica por conta da banda Nervosa. Fundado em 2010, o power trio paulistano formado por Prika Amaral (guitarra e vocais), Fernanda Lira (vocal e baixo) e Luana Dametto (bateria), já lançou três discos de estúdio pela gravadora austríaca Napalm Records. O projeto mais recente da Nervosa, lançado em 2018, é o álbum Downfall of Mankind, que traz elementos do Death Metal à sonoridade da banda. A apesar da língua inglesa, as letras são, em sua maioria, focadas em problemas sociais do Brasil como corrupção e política. Completando as atrações, duas das principais bandas da cena underground brasileira dividem o Palco Sunset numa ode ao trash metal: Claustrofobia e Torture Squad e recebem Chuck Billy, vocalista da banda americana Testament.

Além de dominar os dois principais palcos do Rock in Rio, o Metal estará por toda a cidade do Rock. No Espaço Favela, a banda Canto Cego, da Maré, é a representante do estilo musical. Na Rock District, a artista Deia Cassali (ex-vocalista da Agnela) e sua banda terão um set list especial e enérgico para o público, assim como a The Raven Age, banda do guitarrista George Harris, filho do baixista Steve Harris, do Iron Maden - Filho e pai se apresentam no "Dia do Metal" mais metal de todos os tempos.

Para Zé Ricardo, diretor artístico do palco Sunset "proporcionar ao público uma noite como esta será uma experiência antológica", diz. Em 2017, apesar de não termos oferecido uma noite exclusiva dedicada ao gênero metal, o Sunset investiu e trouxe nomes emblemáticos como Sepultura e ainda o encontro fantástico com a pegada mais pesada do rock teatral de Alice Cooper com Arthur Brown. Agora, em 2019, viremos grandes mais uma vez ao apresentarmos a banda Slayer encerrando a noite e Anthrax, nomes do 'The Big Four'. Isso traduz todo o nosso investimento", garante Zé Ricardo.

Presente no Palco Mundo na edição de 2013, a icônica banda californiana Slayer vai conquistar o público com os seus solos pesados das guitarras. Será a oportunidade também de conferir o show da turnê de despedida, já que no Rock in Rio o grupo faz a última apresentação da carreira. O trabalho mais recente, Repentless, de 2015, garantiu a melhor posição na parada musical americana, quando ocupou o 4º lugar na Billboard 200. Vale destacar também que a banda tem três discos entre os 100 melhores álbuns de metal de todos os tempos -- sendo que Reign in Blood, de 1986, ficou em sexto lugar – de acordo com a revista Rolling Stone.

Já a banda Anthrax é hoje uma das mais importantes do cenário thrash e já vendeu cerca de 10 milhões de cópias em todo mundo. Ao longo dos anos acabou mudando seu estilo musical, e desde o lançamento do single I'm the Man, que incorporou elementos do rap, é considerada uma das pioneiras do gênero rap metal. Seu 11º disco de estúdio, intitulado For All Kings, foi lançado em 26 de fevereiro de 2016 e chegou à nona posição nas paradas musicais americanas. Em agosto deste ano, a banda anunciou que lançará a edição deluxe do quarto álbum de estúdio, State of Euphoria, para celebrar o aniversário de 30 anos do disco. Nele, além da capa do álbum original, os fãs poderão conferir fotos pessoais nunca vistas dos membros da banda, turnê, além de duas capas de revistas Anthrax.

No dia 04 de outubro, todos os palcos do Rock in Rio estarão sintonizados no mesmo estilo para receber os fãs do metal. Em breve a organização do festival divulgará outras atrações.

Sobre Nervosa :


Formada na cidade de São Paulo, em 2010, a Nervosa sempre contou com um power trio feminino. No total, as meninas do metal já lançaram três álbuns de estúdio: Victim of Yourself (2014), Agony (2016) e Downfall of Mankind (2018), todos pela gravadora austríaca Napalm Records. Apesar da breve história, a Nervosa já foi comparada com bandas clássicas do thrash metal como Slayer, Sepultura e Exodus. Vale reforçar que, além da Nervosa, as duas primeiras também estão escaladas para a este mesmo dia do Rock in Rio 2019. Sendo Slayer o headliner da noite do Sunset e Sepultura abrindo o Palco Mundo.

Sobre Claustrofobia :

Formada em 1993, na cidade de Leme, em São Paulo, se firmou como referência do metal nacional. Atualmente a banda é formada por Marcus D'angelo (vocal e guitarra), Rafael Yamada(baixo) e Caio D'angelo (bateria). Com seis álbuns de estúdio a Claustrofobia já tocou pela América do Sul e Europa, local que tem grande base de fãs. Seus trabalhos de estúdio são: Claustrofobia (2000), Thrasher (2002), Fulminant (2005), I See Red (2009), Peste (2011) e Download Hatred (2016).

Sobre Torture Squad:

A Torture Squad, chegará aos 30 anos, em 2019, em grande estilo. A banda da zona sul de São Paulo, que teve sua primeira formação em 1989, tem a formação atual composta por Mayara "Undead" Puertas (vocal), Amilcar Christófaro (bateria), Castor (baixo e vocais) e Rene Simionato (Guitatta). O trabalho mais recente Far Beyond Existence (2017 ) é o oitavo álbum de estúdio do Torture Squade traz músicas como Don't Cross My Path, Steady Hands e Hero For The Ages. A banda comemorou recentemente os 20 anos de lançamento do álbum de estreia Shivering (1998), e também 10 anos do lançamento do icônico álbum Hellbound (2008) que lançado no Brasil e na Europa.~

Mesmo antes do início da oitava edição do Rock in Rio no Brasil, marcada para setembro/outubro de 2019, a organização do evento já confirmou a realização da edição de 2021 no país. A assinatura do contrato junto à Prefeitura do Rio e ao Consórcio Rio Mais foi realizada nesta quinta-feira, dia 06, no Palácio da Cidade, no Rio de Janeiro, e garante a realização do maior festival de música e entretenimento do mundo em 2021, na Cidade Maravilhosa.

A cerimônia de confirmação de parceria teve a presença de Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio, Luis Justo, CEO do Rock in Rio, Marcelo Athayde, da Concessionária Rio Mais, Nelson de Souza, presidente da Caixa, e Marcelo Crivella, Prefeito do Rio de Janeiro. Na ocasião, Roberto Medina reforçou sua paixão pela Cidade e a luta para a reverberação positiva dos ativos do Rio e Luis Justo apresentou toda o mapa da edição de 2019 do evento, que acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de setembro, 3, 4, 5 e 6 de outubro na Cidade do Rock, Parque Olímpico. As vendas oficiais de ingressos estão previstas para abril.

Fonte: Rock Brigade

Candlemass: Novo álbum terá participação de Tony Iommi


O Candlemass lançará seu 12º álbum, The Door To Doom, em 22 de fevereiro de 2019, pela Napalm Records. O disco segue a linha que o baixista e cérebro por trás da banda Leif Edling estabeleceu nos últimos anos: doom metal épico de classe mundial que se baseia em riffs lentos.

The Door To Doom traz o cantor recém-retornado Johan Längqvist, que substituiu o vocalista do Candlemass nos últimos seis anos, Mats Levén. Também aparece no disco ninguém menos que Tony Iommi do Black Sabbath, que contribui com um solo para Astorolus - The Great Octopus.

Track List:

01. Splendor Demon Majesty
02. Under The Ocean
03. Astorolus - The Great Octopus (feat. Tony Iommi)
04. Bridge Of The Blind
05. Death's Wheel
06. Black Trinity
07. House Of Doom
08. The Omega Circle

Fonte: Rock Brigade 

De ícone sexy a inimigo público nº 1: a trajetória de Jim Morrison, do The Doors



Vocalista, que faria 75 anos dia 8 de dezembro, nasceu de uma família rica de Miami mudou-se para Los Angeles para se tornar um mito.

Difícil pensar em quem seria ou como estaria Jim Morrison, vocalista do The Doors, caso não tivesse morrido em Paris, naquele ano de 1971. A única certeza é que celebraria seu 75º aniversário neste 8 de dezembro de 2018.

Até hoje as circunstâncias da morte dele estão envolvidas em mistério. Teria sido uma overdose de heroína? Ou ataque cardíaco? De qualquer forma, Morrison entrou para o chamado “clube dos 27”, juntando-se a ícones como Brian Jones, Jimi Hendrix e Janis Joplin, outros roqueiros lendários que se foram com mesma idade "amaldiçoada".

Um rebelde bem-nascido

James Douglas Morrison, nascido no dia de 8 de dezembro de 1943 em Miami, Flórida, era um jovem privilegiado. O pai dele era um famoso almirante da Marinha norte-americana.

Quando ainda era adolescente, Morrison se rebelou com a vida convencional e confortável que tinha em casa. Saiu da Flórida e foi para Los Angeles estudar cinema na famosa UCLA. E aí tudo começou.

Roqueiro? Não, blueseiro, no máximo

É importante dizer que Morrison nunca foi um “roqueiro”. Na verdade, ele era um boêmio que gostava de bebida, noitadas, poesia e literatura beatnik. Elvis Presley, Chuck Berry e outros pioneiros de rock não significavam nada para ele. Nem a chegada dos Beatles o sensibilizou.

Como aspirante a poeta, ele gostava da métrica do blues e ouvia este estilo – sua formação musical veio daí. Morrison era um crooner; o jeito empostado de cantar surgiu ao ouvir os discos de Frank Sinatra que ele tanto gostava.

Um encontro que mudou tudo

Na UCLA, ele conheceu o tecladista Ray Manzarek, que também estudava na instituição. Manzarek tinha uma banda, chamada Ricky and The Ravens, mas nada parecia se encaixar entre eles.

Depois de apresentar algumas letras para Manzarek e mostrar seus dotes vocais, Morrison foi convidado a participar do grupo, que iria ser rebatizado por ele de The Doors, baseado no livro As Portas da Percepção, de Aldous Huxley.

Dentro da banda, Morrison finalmente se encontrou e agora tinha condições de se expressar artisticamente. Naquele momento, Hollywood perdeu um possível cineasta, mas o universo do rock ganhou um dos seus mais importantes representantes.

Um disco para se opor aos hippies, às flores e ao Verão do amor

Morrison engrenou a parceria musical com Manzarek, Robby Krieger (guitarra) e John Densmore (bateria) e o quarteto assinou com a gravadora Elektra. A banda começou a escrever canções polêmicas e urgentes, como a edipiana “The End”, que fez com que a trupe fosse expulsa do popular clube Whisky a Go Go, em Sunset Boulvard, uma avenida de 35 Km que sai do centro de Los Angeles e chega ao oceano Pacífico - e, em certos trechos, reunia alguns clubes de música ao vivo e, por isso, ajudou a fomentar a música da Costa Oeste norte-americana.

O primeiro álbum, The Doors, saiu em janeiro de 1967. O LP contrastava com a euforia hippie que era vivenciada no Verão do Amor. O trabalho de estreia do quarteto de Los Angeles falava de morte, sexo, fim, impotência e possuía um clima soturno e gótico.

Era a trilha sonora perfeita para embalar os jovens que estavam morrendo aos milhares na Guerra do Vietnã. A lasciva “Light My Fire” foi um enorme sucesso, chegando ao primeiro posto da parada. A poderosa "Break On Through (To the Other Side)" e balada lisérgica “The Crystal Ship” tornaram-se outros destaques. O disco fechava com a já citada e polêmica “The End”. O álbum tornou-se um best seller, assim como os lançamentos seguintes do The Doors.

Vida em hotéis baratos e sem luxo

De repente, “O Rei lagarto”, como era chamado, era agora considerado um dos maiores astros do rock. Trajando calças de couro, belo ao extremo, com jeito de deus grego, ele era um cobiçado símbolo sexual e sua estampa estava na capa de várias revistas.

Mas dinheiro, fama e bajulação não significavam nada para ele. A enorme quantia que ele recebia ia para uma conta conjunta do The Doors. Assim, Morrison não ostentava. Nunca teve qualquer tipo de posse. Não possuía carro ou mesmo uma casa própria. Morava em hotéis vagabundos na Sunset Strip.

Amor? Um só

Mas na maior parte do tempo, ficava na casa da namorada Pamela Courson, a verdadeira alma gêmea dele e musa inspiradora de várias canções que escreveu.

Morrison vivia o estilo de vida da contracultura em seu dia a dia. Ele também cortou os laços com a família, falando em todas as entrevistas que concedia que na verdade era órfão.

Encrenca com as autoridades

Acima de tudo, Morrison era um provocador. Os shows do The Doors se tornavam cada vez mais explosivos. Em 1967, Morrison se envolveu em uma grande encrenca. Ele estava namorando nos bastidores quando um policial jogou gás na cara dele. Durante o show, começou a atacar as autoridades. Foi preso no palco.

"Vocês querem ver meu p…?"

Jim Morrison também abusava do álcool. O constante estado de embriaguez dele tornava os shows cada vez mais erráticos e conturbados. No dia 1º de março de 1969, no Dinner Key Auditorium em Miami, o caos chegou ao ápice. No local cabiam 7 mil pessoas, mas lá estavam cerca de 12 mil.

Em um show onde nada dava certo, o embriagado Morrison se irritou com a platéia, que se xingava e disputava o espaço a cotoveladas. Ele então teria dito: “Vocês são uns idiotas. Querem ver o meu pau?”. E segundo algumas testemunhas, ele teria mostrado o órgão sexual. Logo depois, o show se dissolveu em meio ao tumulto.

Inimigo público número um

Depois daquilo, Morrison foi processado e condenado por exposição indecente e uso de linguagem profana. Pagou uma multa de U$500 e uma fiança de U$50 mil. Mesmo assim, foi condenado a seis meses de prisão. Com o escândalo, os shows seguintes da banda foram cancelados. O vocalista virou uma espécie de inimigo público, um corruptor subversivo.

A Rolling Stone EUA tratou extensivamente do caso. A revista publicou uma de sua mais célebres capas, como se Morrison estivesse em um antigo cartaz do Velho Oeste com a inscrição “procurado” acima do rosto dele (imagem abaixo).



A última fuga

Morrison ficou apavorado com a perspectiva de ir para a cadeia. Os advogados dele apelaram da sentença e enquanto a situação permanecia indefinida junto à lei, ele rumou à França com Pamela à tiracolo. A intenção dele era ficar longe da pressão que sofria em casa.

Morte misteriosa

Na distante Paris, o lar de tantos poetas que ele tanto admirava, o artista também procurava resgatar a inspiração que ele achava ter perdido. Muitos dizem que lá, Morrison e Pamela entraram de cabeça na heroína.

Os fatos relativos aos derradeiros dias do cantor até hoje estão envoltos em mistério. O que se sabe é que no dia 3 de julho de 1971 Morrison morreu na banheira do apartamento onde morava.

As autoridades médicas apontaram que a causa da morte do cantor de 27 anos foi um ataque cardíaco, mas nenhuma autópsia foi realizada. Ele foi enterrado no cemitério Père Lachaise, lá mesmo em Paris. Seu túmulo logo virou ponto de peregrinação.

Pamela morreu de overdose em 1974. Reclusa, raramente falava como foram os últimos dias dela com Morrison.

O começo do culto

Manzarek, Krieger e Densmore tentaram seguir como The Doors, mas logo aposentaram o nome da banda. O renascimento aconteceu em 1979, quando “The End” foi usada em momentos chave de Apocalypse Now, filme clássico de Francis Ford Coppola, até hoje a crônica definitiva sobre a insanidade da Guerra Do Vietnã.

Durante a década de 1980, o culto só aumentou, com inúmeras bandas da época mostrando ter sido fortemente influenciada pelo The Doors.

Em 1991, o diretor Oliver Stone veio com The Doors, biografia cinematográfica da banda, com Val Kilmer vivendo Jim Morrison de forma brilhante. E destes anos para cá, o legado de Morrison e The Doors nunca arrefeceu.



Fonte: Revista Rolling Stones

BARRIL DE PÓLVORA: Cotado para Melhores de 2018, CD chega em loja de Curitiba


O álbum “Barril de Pólvora” (2018), que atrai milhares de fãs pelo Brasil com suas músicas referenciadas no blues, rock e heavy metal, abriu o sorriso no semblante de várias gerações, pois a aura que ele carrega desperta no ouvinte sentimentos mistos relacionados à melodia, peso e versatilidade com elementos da velha escola e atualidade.

À venda em lojas de São Paulo/SP, Belo Horizonte/MG, Fortaleza/CE, Rio Branco/AC etc, o CD também chegou ao sul do país, na loja Let’s Rock de Curitiba/PR. A rock store que fica no endereço Praça Tiradentes, 106 – Galeria Pinheiro, lojas 03 e 04, é a primeira da capital paranaense no seguimento, estando em atividade há 25 anos.

“Barril de Pólvora” também está nas principais plataformas de streaming:

Spotfy: https://open.spotify.com/album/153TGGi1OF1H6UpbIq0Apr

Deezer: https://www.deezer.com/en/album/60220382

Amazon Music: https://music.amazon.com/albums/B07BKQP8WJ/CATALOG

iTunes / Apple Music: https://itunes.apple.com/br/artist/barril-de-p%C3%B3lvora/1365563072

Google Play: https://play.google.com/store/music/artist/Barril_de_P%C3%B3lvora? id=Ale2pa2c2brnu5hasyfvnks2t2q&hl=en

Contato:

www.barrildepolvora.com

www.facebook.com/bandabarrildepolvora

Assessoria Brauna Music Press

www.braunamusicpress.com

www.facebook.com/braunamusicpress

www.instagram.com/bmusicpress

www.twitter.com/BMP_Assessoria

Fonte: Brauna Music Press

Motörbastards: Banda anuncia single “Nightmare” e divulga teaser oficial do mesmo



Para muitos o ano praticamente acabou, mas para o incansável MOTÖRBASTARDS isso não se aplica em nenhum momento.

Os paranaenses acabam de anunciar que seu novo single digital, intitulado “Nightmare”, contará com três faixas que farão parte do vindouro álbum “We Are Bastards” e será lançado mundialmente no próximo 22/12/2018 dentre as principais plataformas de streaming. A banda aproveitou e também divulgou o teaser oficial do mesmo, confira:

https://www.facebook.com/MOTORBASTARDS/videos/2208519392725975

Tracklist:

1 – We Are Bastards
2 – Mina de Tamandaré
3 – Nightmare

Em outras notícias, o MOTÖRBASTARDS estará neste final de semana, dia 14/12/2018, na cidade de Londrina/PR onde se apresentará no Cativeiro Bar ao lado de Purpple Head. No dia seguinte, viaja até Telêmaco Borba onde participará de um evento fechado, abrindo então a possibilidade de mais um show no dia 16/12. Produtores desta região e arredores do Paraná, interessados em mais informações, escreva agora motorbastards@gmail.com e leve o melhor do Rock n’ Roll nacional pera seu evento.

Contato para assessoria de imprensa: